Dependência de amor e sexo

A pornografia online e o cibersexo têm aumentado significativamente os níveis de dependência

Sex and Love Addiction

Diferentemente do vício do tipo digestivo – na qual uma substância que muda o humor é introduzida no corpo por uma das várias formas de administração – o vício em sexo e amor é classificado como um processo ou vício comportamental. As substâncias que alteram o humor atuam bioquimicamente, aumentando os níveis de vários neurotransmissores (substâncias químicas através das quais as células nervosas comunicam) nos centros do prazer do cérebro. Em comparação, o vício em sexo e amor aumenta o nível destes mesmos neurotransmissores por meio dos caminhos neurais existentes no centro do cérebro – controlando o pensamento e o comportamento voluntário. Ao dizer que as drogas atuam “corrente abaixo” nos neurónios (células nervosas) próximos ao centro do prazer, dizemos que o vício em sexo e amor atua “corrente acima” nos neurónios mais distantes do centro do prazer. O essencial é que o caminho comum é o mesmo nos dois casos: um aumento significativo da atividade nos centros de prazer do cérebro.

Os mesmos tipos de neurotransmissores, então, bombardeiam o centro de prazer seja se alguém toma uma droga, faz sexo ou “apaixona-se” intensamente. Assim como o uso crónico de drogas leva à dependência, os prazeres crónicos repetitivos do sexo e do “amor” levam à dependência da repetição compulsiva destes comportamentos e pensamentos. Eles tornam-se compulsões irresistíveis. Um excelente resumo das características do vício do sexo e do amor encontra-se aqui. Alguém que sofre de vício em amor e sexo terá dificuldade para se identificar com algumas, se não todas as características mencionadas na ligação.

O conjunto de comportamentos, pensamentos e sentimentos envolvidos deixa a pessoa desesperada e, pelo seu caminho, uma situação caótica de pessoas magoadas, relacionamentos destruídos, confusão e dor. Aqueles que se envolvem com viciados em sexo e amor acabam por se sentir meros objetos que foram usados, manipulados e, por fim, atirados ao lixo. A maioria dos viciados em sexo e amor não quer ser o tipo de pessoa na qual se transformou. Por causa dos constantes altos e baixos do cérebro e entre o corpo e o cérebro, estes indivíduos sofrem de distúrbios corporais, mentais e espirituais.

Os viciados no sexo são consumidos pela culpa (“Eu cometi um erro”) e vergonha (“Eu sou um erro” ou “Tenho defeitos”). Estes sentimentos influenciam a mesma ação e podem levar a pensamentos suicidas. Com frequência estes sentimentos são resultantes de abuso sexual na infância ou outras formas de perturbação de stress pós-traumático não tratados.

O papel do sexo virtual

Conversas sexuais intensamente provocantes, imagens e vídeos, estão atualmente disponíveis a qualquer momento, em qualquer lugar. Estas comunicações e imagens também são potentes ativadores do comportamento do vício em sexo.

Se você está preocupado que você, ou alguém que você gosta, pode sofrer da dependência de amor e sexo, faça o nosso teste de auto-avaliação de dependência de amor e sexo ou contacte-nos.